Reservar um tempo para nós mesmos tem sido algo cada vez mais difícil de conciliar com a frenética vida multitarefa a qual estamos nos “adaptando”. Tudo em uma velocidade assustadora. Mas, mais assustador ainda são os dados que revelam o Brasil como o pais com maior índice de pessoas ansiosas no mundo.

O levantamento aponta que 9% da população brasileira tem transtorno de ansiedade generalizada. Um número que equivale ao triplo da média mundial, segundo reportagem publicada na revista Superinteressante.


Em forma de dossiê divulgado esta semana, a revista aponta que, por ano, os brasileiros tomam mais de 25 milhões de caixas de Rivotril, o que já é quase o triplo de dez anos atrás.

Se você já é parte dessas estatísticas, algumas terapias e métodos naturais podem te ajudar na busca pela tranquilidade e qualidade de vida, sem o uso de remédios. Médicos têm indicado cada vez mais a seus pacientes a prática de massagens relaxantes e energizantes. São inúmeros os tipos de tratamentos no universo das terapias complementares, alguns deles voltados para áreas específicas do corpo.

Se a intenção for apenas relaxar e desconectar por alguns minutos do celular e de tudo que deixa o ritmo cada vez mais acelerado, uma simples massagem relaxante pode ajudar a aliviar o cansaço físico e mental e revigorar. Mas se o corpo já apresenta sinais de dores crônicas, stress contínuo, insônia, desânimo, ansiedade, irritabilidade, ou até mesmo patologias, como cálculo renal e intestino constipado, o tratamento aplicado é específico.

Para cada alerta emitido pelo corpo, existe uma técnica que vai beneficiar e trazer, a médio prazo, resultados positivos.

“Toda reação do corpo tem um fundo emocional. Para os orientais, a doença começa na mente e depois se dissipa para o corpo. Fica praticamente impossível afirmar que tais patologias, como hérnia de disco ou nervo ciático, terão tratamentos brandos, se o problema está mais afundo e exige uma análise mais detalhada para saber que tipo de método é preciso aplicar naquela pessoa”, explica a terapeuta do Spa Crepaldi, Ana Carolina Oliveira.

 

Tempos de ansiedade

A terapeuta é especialista em técnicas de massagens orientais e Reiki. Com três anos de experiência nessas áreas, revela que sua maior preocupação em relação aos pacientes hoje é a ansiedade.

“É alarmante como o cotidiano está afetando a saúde das pessoas independente da idade. Tenho pacientes adolescentes, mulheres no auge da carreira, ou que estão entrando na menopausa e que dividem a mesma angústia do stress e responsabilidades cotidianas. Chegam na minha sala sem saber dizer ao certo os sintomas. A primeira coisa que ouço é: tem algo em mim que não está bem”, ela revela.

No caso dessas pacientes, a terapeuta faz uma avaliação minuciosa. Chakras, energia vital, respiração, meridianos do corpo e equilíbrio do yin e yang, são fatores que vão levar a um diagnóstico do que cada pessoa precisa para se sentir no eixo novamente.

Ao LIVRE, Ana Carolina pontuou algumas das principais técnicas que aplica no Spa Crepaldi e seus benefícios.

Massagem bioenergética – É uma técnica de massagem que vai além do corpo físico. Através do conhecimento sobre elementos que pertencem à dinâmica da terapia alternativa, o toque físico durante a massagem é capaz de atingir superfícies mais profundas e sutis, que ajudam no equilíbrio físico-emocional do indivíduo que recebe a terapia.

Acupuntura auricular ou Auriculoterapia – Trata-se de uma técnica milenar que vem sendo utilizada até os dias de hoje, por meio da estimulação de pontos específicos nas orelhas ,promovendo alívio de dores diversas, enxaqueca, insônia, como também problemas e disfunções de caráter emocional.

Por ser uma técnica terapêutica, a auriculoterapia é indicada como uma alternativa complementar de tratamento, ou seja, ela auxilia o paciente com diagnóstico comprovado pela medicina tradicional a melhorar os sintomas das patologias, como ansiedade e depressão, além de outros sintomas passíveis de serem tratados através da técnica chinesa.

Shiatsu – Técnica mais aplicada no oriente, o Shiatsu complementa e promove a saúde. Em uma massagem relaxante, por exemplo, o terapeuta foca em um problema específico do cliente. Já no Shiatsu, o terapeuta atende o cliente analisando todo o contexto de sua vida, seja pela análise da sua rotina, alimentação e estilo de vida.

O termo shiatsu significa pressão com os dedos, porém, além dos dedos, o terapeuta utiliza os cotovelos, joelhos e mãos para realizar a massagem.

Ayurvédica – É composta por quatro pilares: alimentação, exercício físico, meditação e técnicas de massagem. É conhecida como a mais completa e mais antiga técnica de massagem natural, tendo sido criada há mais de 5 mil anos, segundo registros históricos. Estudos apontam que esta técnica é mais praticada na Índia, por até 80% da população.

Segundo relatos profissionais, a massagem ayurvédica pode ser realizada em pessoas de qualquer idade e não há nenhuma contraindicação aparente. Este tipo de técnica é indicada e eficaz nos seguintes casos:

* Pessoas que sofrem com dores musculares moderadas

* Enxaqueca

* Problemas na coluna (como má postura)

* Depressões

* Síndrome do pânico

* Estresse

* Ansiedade

Reiki – É uma técnica natural japonesa que trabalha ao lado da medicina moderna podendo ser usada em conjunto com outros tratamentos amenizando os efeitos colaterais como quimioterapia ou uso de medicamentos, porque ajuda a aliviar e reduzir os efeitos colaterais.

Na lista dos benefícios também está melhorar os distúrbios do humor, tornando-se uma boa terapia para aqueles que sofrem de, por exemplo, distúrbios bipolares ou condições semelhantes.

Para as mulheres, o Reiki também pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa.

(Com informações da Associação Portuguesa de Reiki, da Revista Super Interessante e do site Dicas de Massagens)

Gostou do conteúdo? Inscreva-se abaixo para receber as notificações em seu e-mail.



Fique por dentro das novidades e promoções

 

 

PARTICIPE E COMENTE


 

 

VEJA TAMBÉM