Tão íntimo quanto tratar da região vaginal, é falar sobre o assunto. Mas esse tabu vem sendo quebrado pelas mulheres que estão cada vez mais independentes e libertas para expressar as vontades e decisões sobre o próprio corpo. Caminhando junto a essa liberdade de expressão, a estética traz para o universo feminino um leque de opções com tratamentos voltados para melhora do aspecto da região íntima e também da sua funcionalidade, impactando na saúde como um todo.

A região genital, assim como rosto e o corpo de um modo geral, também sofre o processo de envelhecimento. Além deste fator, alterações hormonais e pós-parto tendem a deixar a região com aspecto indesejado. O conceito da estética vaginal ganha ainda mais adeptas por não ter contraindicações e trazer resultados rápidos com melhora de até 70% da flacidez e clareamento da genitália. Consequentemente, a autoestima e a vida sexual melhoram consideravelmente.

A Clínica Crepaldi oferece diversas alternativas para os mais diferentes casos. Preenchimentos, correção de cicatrizes deixadas no parto, e até toxina botulínica para os casos de suor excessivo. Listamos cinco técnicas que estão se tornando febre entre as mulheres:

Thermiva Radiofrequência – Pode ser feita extra ou intravaginal. Sua função é aumentar a produção de colágeno e melhorar o aspecto enrugado dos grandes e pequenos lábios. Também fortalece e comprime a parte interna da vagina.

Clareamento – Continua sendo a maior queixa entre as mulheres. E vários fatores levam a esse escurecimento na virilha, lábios e região perianal. O uso de cera para depilação, exposição ao sol com bronzeadores, roupas íntimas e envelhecimento natural. O clareamento é feito a laser, e o número de sessões pode variar dependendo do grau de escurecimento.

Coolsculpting – Esse tratamento trata a região conhecida como Monte de Vênus – uma porção de gordura que causa desconforto estético ao colocar roupas justas, como bermudas de academia, por exemplo. O aparelho age através da criolipólise, onde a gordura é “congelada” e depois absorvida pelo corpo permanentemente.

Exilis – Funciona como uma radiofrequência vaginal e já se tornou o queridinho das mulheres que querem se livrar das rugas. Basta imaginar um efeito lifting no rosto. O mesmo acontece com as rugas da região íntima. Recomendado principalmente para mulheres de meia idade ou que perderam muito peso. O número de sessões varia de 3 a 5 e o procedimento é indolor.

Preenchimento do ponto G – O Triplo V são três pontos de preenchimento que melhora a parte externa, o intróito (o anel de passagem) e o ponto G, a região sensível da vagina, aumentando o prazer.

Diante das técnicas oferecidas, a dermatologista Natasha Crepaldi esclarece um ponto importante a ser levado em consideração pelas pacientes. “Os tratamentos são com finalidade estética, porém muitos deles também são com finalidade funcional, melhorando a lubrificação vaginal, a incontinência urinária. A saúde do aparelho genital é prioridade, então para fazer um tratamento estético, a região deve estar saudável. Situações mais complexas e invasivas, devem ser acompanhadas pelo médico ginecologista e cirurgião plástico, como é o caso da ninfoplastia – para retirada de excesso de pele dos pequenos lábios”, disse.

A médica também ressalta que não existe um padrão a ser seguido, e cada mulher tem particularidades a serem respeitadas. Afinal, cuidar da região íntima e se sentir plena é um estímulo para o aumento da autoestima.

A Clínica Crepaldi está em novo endereço: na Avenida Isaac Povoas, 979, bairro Goiabeiras. Mais informações pelo link.

Fonte: o Livre

Gostou do conteúdo? Inscreva-se abaixo para receber as notificações em seu e-mail.



Fique por dentro das novidades e promoções

 

 

PARTICIPE E COMENTE


 

 

VEJA TAMBÉM